História

Desde a criação da Escola, na década de 80, o incentivo às práticas de pesquisa e busca de respostas a perguntas cotidianas, fazem parte deste fazer pedagógico. A Escola, em toda a sua trajetória, sempre valorizou e incentivou novas metodologias que busquem a autoria, a reflexão, a análise crítica, o diálogo e a construção contextualizada das/nas pesquisas, por parte dos professores e estudantes.

Essas práticas foram se modificando e sendo qualificadas, a partir da caminhada de estudo que o grupo da Escola foi desenhando, sempre levando em consideração a premissa de manter o gosto pelo ato de pesquisar encarnado nos estudantes e professores.

1990 – Feira de Ciências da Escola Educar-se.

Por muitos anos, a Escola participou de feiras de ciências municipais, estaduais e nacionais, a partir de trabalhos selecionados nas feiras internas da Escola. Alguns destes trabalhos receberam troféus e menções honrosas pela qualidade técnica das pesquisas.

 

1998 – Primeiros encontros para constituição da horta na escola. Visita a horta da Escola estadual Murilo Braga

1999 – Visita a horta da Escola estadual Murilo Braga

 

2002 – Experimentos variados compartilhados em feiras na Escola.

Encontros cotidianos dos estudantes com Laboratórios e pesquisas dentro da Universidade.

 

Participacão em eventos de iniciação científica por todo estado